Por Cretino em 26/08/2010

Robô detector de mentiras

O filho chega em casa, tarde da noite,e encontra o pai na sala com um robô.
O pai pergunta:
– Onde você estava?
O filho responde:
– Na Faculdade. Fiquei até tarde fazendo um trabalho…
O robô vai para trás do moleque e POOOF, mete-lhe um tapão na cabeça.
– Que coisa é essa, pai? Pô!
– É um robô detector de mentiras. Agora me conte a verdade.
– Ééééé… Olha, pai, tive uns problemas com minha namorada, por isso cheguei tarde.
O robô levanta a mão e POOOOFFFF, na cabeça do rapaz.
– Tudo bem, tudo bem, eu estava na casa dela.
– Fazendo o quê?
O moleque meio desconfiado com o robô, responde:
– Ééééé… Bem… Assistindo um filminho!
O robô, novamente POOOOFFFF na cabeça do moleque.
– Tá bom, tá bom, era um filme pornô e depois disso transamos a noite toda, putz, que saco!
O pai, indignado com o filho, diz:
– Que vergonha, filho! Isso não é a educação que eu te dei! Eu nunca na minha vida menti pro meu pai!
O robô vai para trás do pai e POOOOOOOOFFFFFFFFF na cabeça dele.
A mãe, vendo tudo da cozinha, vai até a sala e grita:
– Tá vendo? Só podia ser seu filho!
E o robô POOOOOOOOOFFFFFFFFFF na cabeça da mãe…

Comentários

  1. josé iacio disse:

    Nossa eu ja colei mto nessa vida, uma vez a professora gostava mto de mim. Ela athe me deu as resposta (era a minha mae).

  2. josé iacio disse:

    adorei esse site… vlw aew gente !