Por Cretino em 29/06/2008

Dicionário de Mineiro – Mineirês

A:

Antisdonte: Em algumas regiões de Minas pronuncia-se ÃNSDIONTI.- o mesmo que “antes de ontem” . “Antisdonte eu vi a Lindauva”.

B:

Belzont: Capital das MinGerais.

C:

Cadiquê: Na forma erudita: CAUSDIQUÊ – mineirin tentânu intendê o pruquê d’arguma coisa… ‘Por causa de quê?’,

D:

Dendapia: dentro da pia. Ex: “ Muié, o galo tá dendapia”.

Deu: o messs qui “di mim”. Ex : ” – Larga deu, sô !”

Dó: o messs qui “pena”, “compaixão” : “Ai qui dó, gentch…!!!”

E:

Embadapia: Debaixo da pia. Ex.: Muié, ele agora tá embadapia.

Émezzz: Minerin dimirado do que contaro pr’ele. Podi tá querêno tamém cunfirmá arguma coisa.

I:

In: v.t.i. 1. Forma diminutiva: Piquininin, lugarzin, bolin, vistidin, sapatin etc….

Intorná: g.g. 1. Quando não cabe na vasilha. 2. Derramar.

J:

Jizdifora: p.d.s. 1. – Cidade minera pertín do RidiJanero, lá prás banda da Vinida Brasil nº 500.000. O pessoar da capitár nunca sabe se a turma de lá é minerin ou carioca. Daí fica dizendo que é terra dos carioca du brejo.

K:

Kidicarne: medida empregada na comercialização de carne.

Kinem: Advérbio de comparação – igual: Ela saiu bunita kinem a mãe.

L:

Lidileite: Litro de leite.

M:

Magrilin: Indivíduo muito magro.

Minerin: MINEIRIN (forma clássica) – Nativo duistádimínass. Típico habitante das Minas Gerais.

N:

Negocin: Qualquer coisa que o minerin acha pequeno.

Némêss: Minerin quereno qui ocê concordi c’ás idéia dêle…

NNN: Gerúndio do minerês: Brincannno, corrennno, innno, vinnno.

Nóoo: num tem nada a ver cum laço pertado, não ! É o mess qui “nossa!!” …Vem di: Nóoossinhora !…

O:

Óiaí: Olha aí, ó, toma…

Óiaqui: Minerin tentando chamar a atenção para alguma coisa.

P:

Pópôpó: A mineirinha ajudando ao marido fazer café.

Prestenção: é quan’um mineirin tá falano mais cê num tá ouvino.

Q:

Quainahora: Expressão que indica que o mineirm está ficando atrasado: Si nois num apertá a marcha nóis vai chegá dispois do casório.(quase na hora)

Quiném: Advérbio de comparação. Ex: “É bunita qui dói. Quiném a mãe !”

S:

Sapassado: Sábado Passado.

Secetembro: Dia em que se comemora a independência do Brasil.

Sô: fim de quarqué frase. Qué exêmpro tamém ? : Cuidadaí, sô !!…

T:

Tirisdaí: É quan um trem tá travessado bem in frente di nóis: Ex Tirisdaí minino! Tá travancando o caminho.

Triango minero: Triângulo Mineiro.

U:

Uai: Corresponde a “UÉ”, dos paulistas. Melhor Definição: “Uai é uai,…uai !”

V:

Vidiperfum: É donde se guarda aquelas água de chero. (vidro de perfume).

Comentários

  1. Álvaro de Almeida disse:

    Gostei.

    Sou mineiro mas não percebo quando falo como mineiro, pois algumas pessoas falam que eu falo, mas não dá para perceber. É raro, mas acontece algumas vezes.

    Realmente, você poderia acrescentar mais algumas palavras, não sei se é difícil de buscar essas informações, mas se conseguir, meus parabéns; senão, meus parabéns pelo que já conseguiu. É fantástico, sô.

  2. Lua disse:

    Sou mineira e como o cara do post acima, tb não consigo perceber algumas palavras que falo.
    mas faltou mt coisa aí: Arreda; trem; Ali ( teria de explicar q nosso ali, é bem longe); ah sim e nós daqui não tratamos, belo horizonte por belzonte, quer dizer às vezes, falamos mesmo através da sigla da cidade: BH.
    mas ficou bom.

  3. goiana disse:

    nois fala iguarzim sô uahuahuahuahuahuahuahu.

  4. Ludmila disse:

    sou mineira….

    adorei…
    mas tem certas coisa que não
    tem nada a ver…

    como..
    Uai: Corresponde a “UÉ”, dos paulistas. Melhor Definição: “Uai é uai,…uai !”

    não tem nada a ver com o ué dos paulista…

    o uai começou na epoca dos bandeirantes…

    e tb não tratamos Belo Horizonte como
    belzonte não…

    rsrsrsrs…

    pelo menos a maioria do pessoal que eu conheço não..

    aahhh e vcs esqueceram de colocar..

    trem…
    arreda…
    ali…[que o nosso eh bem longe..rsrsrs]…

    mas eu adorei..

    tem coisas ai que falamos mesmo…

    amei …
    parabens…

    =]

  5. Amanda disse:

    Mineiro também tem mania de chamar mulheres de muié! ¬¬’
    é feio demais. OAISOIAOSI’
    eu odeio sotaque de todos os tipos, mas o pior é o baiano né.
    Ainda bem que eu moro no Espírito Santo e aqui não tem sotaque nenhum, só umas palavras que não existem, que não tem no dicionário…:P tipo o verbo “pocou”. OAISOAISOI’

  6. Paula de Rondonia disse:

    Gente…. como sinto saudades… já não tenho mais o sutaque mineires… mas adoro MG. apesar de ta morando em Rondonia hj é um pouco longe…. rsrsr
    Mas ficou ótimo…
    Amei

  7. Mineiro disse:

    A gente não fala travancando, e sim travancano.
    “Tirisdaí, minino, tá travancano o camim…”

  8. Fêfas disse:

    seis isqueceu dumontcoisa, que nem barrê, imbornali ou capanga, dentifrissss, sungar e tem tbm o sá que é o feminino do sô, mai memo assim ficô bão dimais, seis ta de parabens.

  9. Caio disse:

    Muuuito legal!!!!Sou mineiro da gema, nascido, criado e morador de BH. Tem uma frase legal que é: cê sa si esss ons passs na savassi ? “Você sabe se esse ônibus passa na Savassi?” É juntar tudo como se fosse um palavra só.
    Só tenho uma observação. Eu nunca vi nenhum mineiro falar Belzonte, E Olha que eu viajo muuuuito a trabalho pelo estado todo. Eu já muuuito, as pessoas de outro estado falando belzonte, principalmente paulista,baiano e pernambucano. Aqui, nós costumamos falar, belorizonte.

  10. aLE... disse:

    gOSTEI ! sOU dO sUL DE mINASSSSSS…
    aS vEIS aQUI eM sANTOSSSSS eU eSCURREGO E fALO pORRRTA, tORRTA, vAMU, tAMU, pRANTA, aTRETICO E eTC…..
    cEIS tAO DE pARABEINSSS….

  11. marcelo disse:

    fala ae cretino…
    entao eu trampo pra uma empresa mineira e tenho algumas palavras que eles sempre falam aki,,vc pode incluir no dicionario mineires

    ta garrado….mesmo que esta parado..demorando…ex(a fila ta garrada dimais,num anda)

    pressao alta…mesmo que afobado….apavorado…acelerado ex (aquele motorista é pressao alta dimais sô,num sabe i na manha<<<calma)

    suvérti/suverteu..mesmo que sumir/sumiu..ex(zé tava ki górinha mês.e ja suverteu)

    unzanzoto…mesmo que uns aos outros..ex(esses minin fica bateno unszanzoto..)

    táca…mesmo que surra ex(o fio di zéfinha levo uma táca,na frente do povo todo)

    e por ai vai…..assim q eu lembrar mais eu posto flw..ah,sao palavras que eles usam aki de verdade viu,,,,abraco.

  12. Carioquinha disse:

    Cês isqueceram do “on kô tô”!!!! (onde eu estou)? “pron dô vô” !! (para aonde eu vou).
    Achei nota mil.

  13. Bruna disse:

    Nossinhora!! trem baum dimaise das conta, uai!
    heuheuheuheu
    so mineira do triango mineiro, longe da capitar belzonte, e esse dicionário eh dus baum, sô!
    amei

  14. Fillipe lima disse:

    nao se diz antes de ontem e,sim anteontem
    se for pra zuar saibam fazer issu!

  15. Fillipe lima disse:

    o certo é anteontem mané

  16. Fillipe lima disse:

    e paulista fala cinquennnnnnn ta!

    sou do triangulo mineiro e,esse dicionario tem nada a vê

  17. Fillipe lima disse:

    o pessoal de uberaba falam assim mais os de uberlandia nao!kkkkkkkkkkkk

  18. ronaldo disse:

    so diminas tamen, mas moro longe padana, adorei, mas ainda farta muito trem ai sô. do tipo, bitelo = muito grande, pincomel = pinga com mel, e por ai vai, ess trem danado debao, abraços.

  19. Hudson disse:

    e o tal do tresontonte, sei lá quemerda e essa, coisa de 3 dias antes, treisotonte.

  20. Lenninn disse:

    Oi todos ocês!
    Essa é minha declaração para meus amigos (de forma bem mineira)

    Cês é o colíro do meu ôi.
    Cês é o chicrete garrado na minha carça dins.
    Cês é a maionese do meu pão.
    Cês é o cisco no meu ôiu (o ôtro oiu – eu tein dois).
    O limão diminha caipirinha.
    O rechei dimeu biscoito.
    A masstumate do meu macarrão.
    A pincumel do meu buteco.
    O arroizin quentin prapô o franguin junto…
    Nossinhora!
    Gós dimais da conta docêis, uai.

    Cês é tamém:
    O videperfume da minha pintiadêra.
    O dentifriço da minha iscôdidente.
    A arvi que midá sombra no pondions.
    Ói qui! Tôqui in Belzontch pelejanu pra num
    chorá de saudadôcês, dosquitá perto ôtá longe.
    Sossei côcês émess tudamigo.
    E tem genquiaxa quitô mintino….
    Ispia só se dendimim num cabôcêis tudo???
    Ansdionte um amigo me disse:
    Oiprocêvê avida cuméqui faiz,
    Agente pópô fé intudo, mai nos amigos
    é quinois tem quicridita mêsss.
    Noragá cêsqui táquiperto e ajuda apô os trem in ordi
    Óiproceisvê!!! Quem tem amigassim, tem um tisôru!

    Eu guárdêsse tisouro, com todo carinho ,
    Do ladesquerdupeito !!!

    Dentro do Meu Coração!!!

    AMOCÊIS PADANÁ GENTE!!!
    Bejim prôceis tudo!!!!

    Lenninn
    (de Barbacena, pertiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiin de belzontch)

  21. Duca disse:

    Olha, Marcelo, sou mineira de BH nascida e criada aki há meio século. Nunca vi ninguém falando “pressão alta”,(deve ser no interior) mas o resto c tá certíssimo. E tem tb o tacá (vou tacá uma pedra nesse minino).
    E olha Filipe lima, esse dicionário tem tudo a ver. E olha q sou de BH, hein! Mas concordo com vc o cinqueennnta do paulista é de amargar (mais uma palavra). E c tá certo se é pra zoar, zoa direito, sô. Tem de iscrevê as palavras direitin como a gente diz.
    Pois é, fora os exageros da lista, é assim mesmo q falamos. E faltou o principal, o tal do TREM q é a palavra predileta do mineiro. E tb o “né” no final das frases. Ô cretino, c esqueceu, né!
    E vc de Barbacena, foi legal demaaaiiisssss da conta a sua poesia.
    Mas gente, não esqueçam q carioca mete a letra “i” em tds as palavras (enqto os mineros tiram). ói só, boins em vez de bons. E por aí vai. Sem esquecer q eles falam mendingo em vez de mendigo e resistro em vez de registro e outras q não me lembro mais. A puxação do “s” a gente dá um desconto pois fica bonitinho. Morei lá 2 anos e meio e zoação a parte adoooro os cariocas! Q saudades do Rio!
    Gostei demais da conta do dicionário!! Valeu!

  22. lo minero sexy disse:

    a demora é piquena mais vo fala ai só to gostano do causo a prosa ta bão dimais é isso memo oceis divia de po mais trem nosso uai ceis isqueceu o nosso uai e o nosso treim mais ta bão sobre o site uai só nois gosto nois vai prosiá mais dipois cumdeus só ahhh lo minero sexy

  23. Pedro Nobre Maia disse:

    Ta faltando um bucado de coisa nesse trem, sô! Cadê o arreda, graúdo, d+ da conta, mêsquevê (mesmo que ver), moss.. Sou mineiro do norte, e nem dá pra generalizar o sotaque mineiro. Tem muita diferença de uma região pra outra, até mesmo de uma cidade pra outra.

  24. gorylla disse:

    Uai tbm serve como começo d frase: “uai”, once vai?
    Como virgula: …aquilo ,”uai”, sei naum.
    Eu poderia ficar aki a tarde td citando exemplos.
    intaum é melhor vc passar um dia aki em BH e vera do q eu to falando

  25. JOSEANE TAVARES disse:

    SOU MINEIRINHA DE CAREAÇU SUL DE MINAS GERAIS,ALI PERTINHO DE VARGINHA.MAS ,MORO EM OSASCO SP.ADOREI O SITE. QUI MERDA=ALGUMA COISA QUE NÃO DEU CERTO,OU CÊ TÁ NA MERDA: PRELA= FALEI PRA ELA.

  26. antoniofab10 disse:

    Esqueceram uma palavra de mineireiz
    MOSS ou MOÇO: palavra muito usada na regiao norte do estado da qual significa homen de qualquer idade. Mano; Cara; Chegado; Senhor; Moss;

  27. F. Michelin disse:

    Brainstorming (tempestade de ideias) que em mineirez éh: “Toró di parpite”…

  28. Lucimar Dimas disse:

    Sou filho de mineiros (coronel fabriciano)>CADIQUIN = um pouco de alguma coisa.

  29. […] Dicionário de Mineiro – Mineirês […]

  30. soraia silva disse:

    prôcê… (pra você)
    cónóis.( com nós) e certo seria conosco!!!!!
    adorela…. ( adoro ela)
    adorôcê(adoro você)
    dipertim (de perto no diminutivo)

  31. jucelino de oliveira disse:

    Adorei este ter entrado neste sit,tem coisas muito curiosas, só li algumas mas ja me tornei fã um abraço a todos cretinos de plantão.

  32. Jose Marcio disse:

    Já ouvi tambem aqui no sul de Minas, um bucado e um bucadinho.
    Lasquero em meu tempo está lasquero = pouco tempo.
    Essa é do baú puiando = curtir com a carra de, tirrar o sarro de.
    bisôia só = olha ou olha aqui.

    Com o advento da teve nos lares muito do mineirês se perdeu. Hoje em dia dificilmente se ouve (pelo menos onde morro) alguem falar como antes. Mas, mesmo assim aida restou um pouco do passado. Que temos a obrigação de preservar para os que não são desse tempo.

    Há muitos outros termos que nem em dicionários se encontra. Se lembrar mais algum o postarei.

  33. Jose Marcio disse:

    Dizem também as vezes eminé por (não) é mesmo? Por exemplo: ao se responder uma indagação ao se perguntar não é mesmo sobre um assunto e se diz eminé (se bem que acho que o correto seria emmié) = é mesmo?
    Tambem ezzî ou ezzê = ele e ezzâ = ela. como no antigo portugues-crioulo dos escravos. que era ese e esa, se não me engano.
    Já ouvi também um bucado e um mu(n)cado = pouco (quantidade de alguma coisa ou tempo) E até como muito. em tel pessoa e um bucado chata = muito chata.

  34. antonio disse:

    Cê sabe se ess ons pasavassi ?

  35. almiro silva disse:

    O MINERÊS É UM LINGUAJAR PROVENIENTES DOS ESCRAVOS.
    VOCÊ ESQUECEU DE COLOCAR SASSINHORA ; QUANDO SE QUER DIZER NOSSA SANHORA..
    NA REALIDADE É UMA PREGUIÇA DANADA DE PRONUNCIAR A PALAVRA INTEIRA.

  36. almiro silva disse:

    ESQUECI DA PALAVRA TERREN QUANDO SE QUER DIZER TERRENO.