Por Cretino em 28/08/2006

Dicionário Brasileiro de Prazos

Para evitar que estrangeiros fiquem pegando injustamente no nosso pé, está sendo compilado o Dicionário Brasileiro de Prazos??? – que já deveria estar pronto, mas atrasou, do qual foram extraídos os trechos a seguir:

DEPENDE: Envolve a conjunção de várias incógnitas, todas desfavoráveis. Em situações anormais, pode até significar sim, embora até hoje tal fenômeno só tenha sido registrado em testes teóricos de laboratório. O mais comum é que signifique diversos pretextos para dizer não.

JÁ JÁ: Aos incautos, pode dar a impressão de ser duas vezes mais rápido do que já. Ledo engano; é muito mais lento. Faço já significa “passou a ser minha primeira prioridade”, enquanto “faço já já” quer dizer apenas “assim que eu terminar de ler meu jornal, prometo que vou pensar a respeito.”

LOGO: Logo é bem mais tempo do que dentro em breve e muito mais do que daqui a pouco. É tão indeterminado que pode até levar séculos. Logo chegaremos a outras galáxias, por exemplo. É preciso também tomar cuidado com a frase Mas logo eu?, que quer dizer Tô fora.

MÊS QUE VEM: Parece coisa de primeiro grau, mas ainda tem estrangeiro que não entendeu. Existem só três tipos de meses: aquele em que estamos agora, os que já passaram e os que ainda estão por vir. Portanto, todos os meses, do próximo até o Apocalipse, são meses que vêm!

NO MÁXIMO: Essa é fácil: quer dizer no mínimo. Exemplo: Entrego em meia hora, no máximo. Significa que a única certeza é de que a coisa não será entregue antes de meia hora.

PODE DEIXAR: Traduz-se como nunca.

POR VOLTA: Similar a no máximo. É uma medida de tempo dilatada, em que o limite inferior é claro, mas o superior é totalmente indefinido. Por volta das 5h quer dizer a partir das 5 h.

SEM FALTA: É uma expressão que só se usa depois do terceiro atraso. Porque depois do primeiro atraso, deve-se dizer “fique tranqüilo que amanhã eu entrego.” E depois do segundo atraso, “relaxa, amanhã estará em sua mesa. Só aí é que vem o amanhã, sem falta.”

UM MINUTINHO: É um período de tempo incerto e não sabido, que nada tem a ver com um intervalo de 60 segundos e raramente dura menos que cinco minutos.

VEJA BEM: É o day after do depende. Significa “viu como pressionar não adianta?” É utilizado da seguinte maneira: “Mas você não prometeu os cálculos para hoje?” Resposta: “Veja bem…” Se dito neste tom, após a frase “não vou mais tolerar atrasos, OK?”, exprime dó e piedade por tamanha ignorância sobre nossa cultura.

ZÁS-TRÁS: Palavra em moda até uns 30 anos atrás e que significava ligeireza no cumprimento de uma tarefa, com total eficiência e sem nenhuma desculpa. Por isso mesmo, caiu em desuso e foi abolida do dicionário.

Comentários

  1. Luís Bustamante disse:

    Só mesmo um cretino como eu pra agüentar tanta cretinice de vocês!
    Maravilha. Show de bola!

  2. toninho disse:

    Eu vejo as pessoas falando mas não sei o que e um emo? poderia me falar oque e?

  3. Brentchie disse:

    Sou estrangeiro dos EUA, as definições tem muito sentido, se eu soubesse estas coisas desde a minha chegada aqui no Brasil evitaria muita frustração. Mas fiquei um pouco desapontado que não encontrei a definição de “agora” e “agora agora”. Na minha experiencia “agora” significa “daqui vinte minutos até quatro horas” (ou se alguma coisa inesperada acontecer pode ser alguns dias or semanas) e “agora agora” sugere algo mais imediato, quer dizer “agora mesmo”.

  4. fabiano disse:

    adorei o site ta mesmo o maximo ta de parabens continuem assim adorei mesmo um abraço .. fabiano , lisboa 21:42

  5. bruna disse:

    eu quero saber o q significa CARNAVAL !!!!!!!!!!!!!!

  6. Luciana disse:

    Vcs fizeram essa pesquisa onde eu trabalho? Impressionante como vcs sabem como é que as coisas funcionam…

  7. josé Padilha disse:

    o que significa daqui a pouco?

  8. josé Padilha disse:

    Qual a distancia qdo falamos “bem ali”

  9. josé Padilha disse:

    qual a distancia do “acolá”

  10. Anderson disse:

    Como vcs conseguem ser tão criativos e, ao mesmo tempo, tão cretinos, para não dizer, VAGABUNDOS, no sentido de desocupados?
    Adorei esse site e estou recomendando!
    Um abraço bem cretino!

  11. joao canabrava disse:

    hehe nao so cretino nao seus idiotas cachorros severgonha pra q escreve bestera
    + se e pra escreve bestera ai vai

    seus chachorros vilha da puta dsgrasado
    sao de ferra fdp

  12. Sergio Teixeira disse:

    E alguém já reparou que ao dizermos “pois não!” estamos dizendo SIM, e ao dizermos “pois sim!” estamos dizendo NÃO?

  13. kelly silva disse:

    o que significa daqui a pouco?

  14. antonio pereira disse:

    O que eu acho é que…………só um minutinho,já volto

  15. gaspar mello disse:

    é, veja bem…

  16. adalberto disse:

    em minas gerais há uma expressão que devemos ter cuidado.
    se voce pedir informação para chegar a algum lugar, observamos a expressão facial. se ele disser: “logo ali” sem muita enfase, é perto o local, mas se o disser indicando com o lábio infeiror o tal lugar, nao vá por que é muiito longe

  17. haroldo disse:

    Eu deixaria um comentario bem cretino aqui, se eu fosse tão cretino a ponto de perder meu tempo lendo todas essas cretinices!

  18. MARIÃO disse:

    Faltou incluir o famoso “TÔ CHEGANDO” que é utilizado quando você está esperando alguém, liga no celular do sujeito e ele diz o “TÔ CHEGANDO”
    só que normalmente quando se diz isso, a pessoa não está nem na metade do
    caminho ! As vezes nem saiu de casa ainda, então o “TÔ CHEGANDO” pode demorar de 30 minutos até 5 horas (dependendo do trânsito)

  19. Brocador disse:

    ja utilizei do recurso “Tô Chegando”